terça-feira, 9 de setembro de 2008

Show do The Hives

The Hives Porto Alegre-RS 08/09/2008 Teatro do Bourbom




Após uma breve abertura da banda Bidê ou Balde o Hives entrou no palco, disparando de cara alguns de seus primeiros sucessos, como “Main Offender” e “Die, Allright!”. As canções “It Won’t Be Long” e “Try It Again”, do último disco, “The Black and White Album”, lançada em outubro de 2007, também tiveram seu espaço no set enérgico do grupo.

O Grupo que foi formado em 1993 na cidade de Fagersta ( Suécia ), faz um som vísceral, em alguns momentos um tanto repetitivo, mas ninguém esta nesse show para ver algo inovador. As pessoas estão atrás de diversão e nesse ponto o Hives acerta em cheio!
Com muitos “ Obrigados”, “batam palmas” e “ amo Porto Alegre” o vocalista Howlin'Pelle Almqvist entusiasmou o público berrando durante todo o tempo e aproveitando cada centímetro do palco. Também o guitarrista Nicholaus Arson animou a platéia com uma performance insana. Outro destaque foi o baterista Chris Dangerous, com seu Kit de bateria mínimo mostrou oque é um baterista que domina totalmente a dinâmica.

Esta é a primeira turnê do Hives pela América Latina,e faz parte da turnê do “The Black and White Album", lançado em 2007 e com algumas faixas produzidas pela dupla norte-americana The Neptunes, formada pelo super-produtor Pharrell Williams e por Chad Hugo. Não há motivos para desconfiança, porém: a banda sabe onde pisa e mantém um trabalho coeso, dançante e barulhento.

O Hives é daquele tipo de banda que faz a gente lembrar por que o Rock ‘n Roll existe, ou seja diversão com musicas simples e despretensiosas, mas nem por isso mal elaboradas. Arrebatadora, a performance ao vivo do grupo impressiona pela energia e, por que não, pela nostalgia: difícil não pensar num jovem Iggy Pop ou Mick Jager ao ver Almqvist pulando e berrando no palco. Onde ouvir:

www.hives.nu
www.myspace.com/thehives
www.hives.nu

Escrito por Gustavo Strapazon O "Tatu"

Um comentário:

Sabrina Kwaszko - Putzgrila disse...

Eu curto a “Main Offender”
muito boa essa!